Algo que ele pensa

Uma fala do homem do Jaburu no Paraguai a respeito das eleições:

“Devo registrar uma preocupação. Acabei de verificar um número imenso de abstenções, votos em branco e nulos , o que revela o que ouso dizer a indispensável necessidade de uma reforma política do país”.

Outra frase:

“Algo que penso que o Congresso Nacional deve cuidar com muita propriedade”.

Devo registrar. Acabei de verificar. O que revela. O que ouso dizer. Algo que penso.

O homem do Jaburu é um personagem do século 19, é quase machadiano. Deveria usar casaca.

E dizer que até bem pouco todo mundo estava preocupado com ele. Temer foi apenas o usurpador. Percebo de inopino que não é pouco. Mas é transitório.

Ouso dizer que ele não manda mais nada e que, depois da eleição, com as vitórias tucanas, o golpe dentro do golpe pode ser apressado. Os tucanos estão voando alto. A direita mesmo no Brasil é o PSDB. O PMDB é apenas o laranja do PSDB.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 8 =