ARGENTINA CONFINADA

O governo argentino fez agora à noite o que o Brasil pode ser obrigado a fazer a qualquer momento: o confinamento da população de todo o país passa a ser compulsório, até 31 de março.
As pessoas se recolheram às suas casas agora à noite e somente poderão circular no entorno de onde moram para ir à farmácia, hospitais ou para compras essenciais e inadiáveis.
O transporte público é reduzido, mas não será totalmente suspenso. A polícia estará nas ruas para ouvir as justificativas de quem está circulando.
Buenos Aires ganhará as feições cada vez mais sombrias de Roma, Madrid e Paris.
Mas os ricos e a classe média não terão problemas. O jornal Página 12 informa que no início da noite formaram-se filas de carros nas rodovias em direção às praias de Pinamar e Villa Gesell.
Apesar dos alertas do governo para que as pessoas não circulem dentro do país, para evitar a disseminação do contágio, o confinamento foi transformado em férias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 9 =