ARGENTINOS DEBOCHAM DE PAULO GUEDES

O jornal Pagina 12 traz um deboche com Paulo Guedes na capa da sua versão online. A manchete informa:

“Não queremos nos transformar numa Argentina”, diz o ministro da Economia de Bolsonaro.

Guedes está atacando a Argentina – quebrada por Macri, amigo dele –, por causa do afastamento do país das negociações conjuntas do Mercosul.

Segundo Guedes, o Brasil vai seguir o caminho da prosperidade. E agride Alberto Fernández, há apenas três meses no poder, como se ele tivesse culpa pela miséria do país que herdou da direita macrista.

Mas o Página 12 faz a sua interpretação da declaração do ministro que perdeu o comando da economia para o general Braga Netto.

O jornal diz que o Brasil nunca será uma Argentina porque tem mais de 4 mil mortes e quase 70 mil infectados pela pandemia. E a Argentina tem apenas 192 mortes com 3.800 casos de contágio.

O número de infectados na Argentina é menor do que o de mortos no Brasil.

Na Argentina, quem tenta burlar a quarentena pode ser preso. No Brasil, está tudo liberado.

A Argentina tem 4.200 leitos de UTI e apenas 142 estavam ocupados ontem. No Brasil, a capacidade das UTIs já se esgotou em muitos Estados. No Rio, hoje à tarde 326 pessoas esperavam na fila por uma vaga em UTI.

Os brasileiros morrem dentro das ambulâncias no Rio, em Manaus, em Fortaleza, e já estão prevendo a repetição desse cenário em São Paulo, no Recife, em Belém.

Em se tratando de pandemia, o raciocínio poderia ser o contrário: a Argentina não pode pretender ser um dia o Brasil que não para de matar pobres e mais ainda agora com o descontrole da peste.

___________________________________________________________________

DELATOR AMADOR
Sergio Moro seria uma nova versão de Rodrigo Janot, com muita ameaça e poucas flechas?
Moro tem mais munição para enfrentar Bolsonaro e os filhos dele?
Tereza Cruvinel faz a pergunta sobre o poder bélico do ex-bolsonarista no Brasil 247.
Se já gastou o que tinha, o ex-juiz não terá aprendido nada com a Lava-Jato.
Um delator não entrega tudo no primeiro depoimento. Moro pode se revelar um delator que treinou pouco ou é amador mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 3 =