BOLSONARO ACABOU. SÓ FALTA DAR O EMPURRÃO

Saiu finalmente o Datafolha. Bolsonaro é avaliado como ruim ou péssimo por 40% da população. Na pesquisa anterior, do começo de dezembro, esse índice era de 32%.

Já o índice de quem acha Bolsonaro ótimo ou bom desabou de 37% para 31% no atual levantamento, feito nos dias 20 e 21 de janeiro.

É a maior queda na aprovação de Bolsonaro desde o começo de seu governo.

Ninguém aguenta mais Bolsonaro, que só tem o suporte do centrão, com apoio alugado que não deve durar alguns meses.

Apenas Collor teve avaliação pior em período similar de governo.

O apoio dos 30% talvez não caia mais, porque é o piso do genocida, com sua base fiel e ‘ideológica’, calculada em no máximo 15%, e mais os apoiadores eventuais, por motivos variados.

A falta da vacina vai acelerar o derretimento de todo o governo, e não só do líder dos negacionistas.

E agora? Só um novo auxílio emergencial salva Bolsonaro. Se não tiver auxílio, só faltará o empurrão.
________________________________________________________________

SILÊNCIO E OMISSÃO
Nenhum ministro do Supremo vai se manifestar desta vez sobre a volta dos blefes de Bolsonaro com mais uma ameaça de golpe?

Ou os ministros e as ministras do Supremo preferem ficar à margem da destruição do país por entender que isso é questão política?

O que acontece em Manaus, sem oxigênio, e no Brasil todo, sem vacina, é genocídio, não é questão política.

Questão política é o impeachment de Bolsonaro, e nisso o Supremo não deve se meter.

Mas que não fique tão silencioso diante da destruição do país. O Supremo não está nem numa bolha, está na sua redoma de cristal.

A História vai cobrar caro por tanto silêncio.

________________________________________________________________

Participei ontem de O Dia em 20 Minutos, da TV 247, com Andrea Trus. A íntegra da conversa está no vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 8 =