BOLSONARO É CRIADOR OU CRIATURA?

O Brasil que ainda tenta reagir procura entender suas desgraças com as perguntas clássicas sobre o que veio antes e o que veio depois.

Começando por essa dúvida: Bolsonaro é uma invenção do ódio, do racismo e da ignorância de parte da elite e do povo, ou o racista, o ignorante e o odiento são apenas a claque de Bolsonaro?

Sem esse povo que ainda o acolhe e o aplaude, existiria um Bolsonaro, ou o povo só existe porque Bolsonaro impõe-se como líder dessa gente toda?

Bolsonaro é uma invenção dos militares que tinham um projeto de poder, ou Bolsonaro foi quem atraiu os generais e deu sentido à militarização do governo?

Bolsonaro está a serviço dos generais, ou os militares apenas arranjaram mais de 6 mil empregos com Bolsonaro?

Bolsonaro foi a Macapá, capital de um Estado caindo aos pedaços, sem luz, sem água, sem dinheiro, sem comida e sem a menor noção do que irá comer amanhã, e foi aplaudido ao desfilar pelas ruas dependurado na porta de um carro.

As pessoas que aplaudem Bolsonaro numa situação de desalento já existiam e estavam somente à espera de quem aplaudir, ou foram inventadas agora por Bolsonaro?

Pessoas violentas, que matam negros em supermercados, e policiais que executam penas de morte com maior frequência nas periferias não estariam agindo com tanta desenvoltura, se Bolsonaro não existisse como líder? Ou eles agem assim porque Bolsonaro deu a senha para que humilhem, massacrem, torturem e matem à vontade?

De onde saem tantos racistas, tantos assassinos, tanta gente homofóbica e com tanto sentimento de impunidade? Eles estavam apenas hibernando?

Que apoio oficial aciona os homens da extrema direita das milícias digitais de Bolsonaro, que ameaçam ministros do Supremo, como fez agora o blogueiro Allan dos Santos ao desafiar Luis Roberto Barroso a “virar homem”? Onde estavam esses milicianos?

Não há família hoje que não tenha um racista declarado, que expõe publicamente sua condição de racista. O que aconteceu com essas famílias, se até anos atrás os racistas furiosos de hoje pareciam ser apenas reacionários sob controle?

Qual seria a situação do país se Bolsonaro tivesse morrido depois daquela facada? Bolsonaro seria o santo da extrema direita e estaria fazendo milagres muito mais milagrosos do que as curas com a cloroquina?

O Brasil doente que apoia Bolsonaro, misturado ao Brasil doente que se acovarda diante de Bolsonaro, existiria sem Bolsonaro no poder?

O Brasil fascista inventou Bolsonaro, ou foi Bolsonaro quem potencializou o racismo, a violência, a mentira, o negacionismo e todas as manifestações de imbecilidade e ignorância?

Quem é a invenção de quem? O que estaria acontecendo hoje se Bolsonaro tivesse continuado apenas como um deputado medíocre da extrema direita em Brasília?

Admita-se o que seria bem provável: dariam um jeito de inventar outro Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 1 =