BOLSONARO É UMA MALA INSUPORTÁVEL

Há indícios de que está batendo o cansaço com Bolsonaro. Ninguém aguenta mais. Os pobres beneficiados pelo auxílio emergencial fingem que aguentam, porque precisam do dinheiro.

Mas também eles irão largar Bolsonaro. Boa parte dos ricos e da classe média e dos apoiadores mais vacilantes – todos estão exaustos de Bolsonaro. Eles apenas aturam Bolsonaro.

Em algum momento, essa exaustão vai consumir com o próprio Bolsonaro, que não ofende apenas por suas posições fascistas, pelas grosserias, pela falta de escrúpulos e pela incapacidade de refletir sobre qualquer assunto do governo.

Bolsonaro será cada vez mais uma mala. É ruim conviver com Bolsonaro sendo notícia todos os dias. Nossa vida não pode ser orientada por muito tempo pelo que faz e pelo que diz Bolsonaro.

Mas há um problema, que não é pequeno. São quatro os Bolsonaros. O pai enfrentará, antes do fim do ano, o esgotamento do prazo da sua experiência como novo Lula da direita.

O Bolsonaro novo Lula terá menos de meio ano de duração. Sua validade vence com o final do auxílio de emergência.

Poucos (os muito ricos, os militares, as polícias, as milícias, parte do Judiciário e do Congresso) continuarão segurando Bolsonaro apenas porque faz arminha de dedo. Mas o resto, não.

O novo plano estratégico do sujeito, para se vender como líder, depois da falha do blefe do golpe, é sair a excursionar pelo Brasil, como se estivesse em campanha. Mas há um risco: poderá ser visto como um cara fugindo do trabalho.

A vagabundagem poderá ser a marca definitiva de Bolsonaro. Então, teremos em pouco tempo um Bolsonaro sem gambiarras, sem força, num governo sem dinheiro, com um Guedes caindo aos pedaços, a economia parada, com os militares em dúvida e com os governos de fora atacando seus desmandos.

Mas há os filhos. Se o pai tombar, teremos Flavio, Eduardo e Carluxo ainda em atividade. O primeiro vai enfrentar os processos das rachadinhas e de lavagem de dinheiro (loja de chocolate e compra de apartamentos com dinheiro vivo).

Mas qual será o ritmo da evolução desses casos, quando se sabe que tudo contra a direita anda lentamente? E tem ainda o complicador da tomada do poder do Rio pelo bolsonarismo com a queda de Witzel.

Os outros dois filhos enfrentam as investigações coordenadas pelo Supremo em torno do Gabinete do Ódio (a fábrica de fake news) e a participação na organização e financiamento dos atos golpistas em Brasília.

Carluxo tem ainda um puxado das rachadinhas, pela repetição dos crimes do irmão Flavio, com a contratação de assessores fantasmas e a suspeita de que também vivia do dinheiro que os CCs lhe devolviam dos salários.

Mas ninguém fala mais nada dos inquéritos no Supremo sobre fake news e sobre os atos fascistas. E as suspeitas das rachadinhas de Carluxo só são investigadas de forma indireta porque quatro ex-assessores dele caíram no inquérito de Flavio e tiveram o sigilo bancário quebrado.

Então, o pesadelo com Bolsonaro é também um pesadelo com os garotos, todos eleitos, enredados, mas até agora impunes.

O Brasil cansado de Bolsonaro pode até ver o chefe da família se fragilizar politicamente e ser abandonado pela própria direita. Mas e os filhos? Também perderão força, mas não deixarão de agir, porque têm mandatos.

O cerco aos Bolsonaro somente seria efetivo se o Ministério Público conseguisse o que todo promotor deseja: enquadrá-los por formação de quadrilha, quando três ou mais pessoas atuam criminosamente de forma articulada. Eles são quatro.

É complicado, porque mesmo que existam indícios de lavagem de dinheiro, liderada por Flavio, que teria beneficiado toda a família, como provar que eles agiram e agem como bando para construir um patrimônio imobiliário de mais de R$ 15 milhões?

Por tudo isso, livrar-se de Bolsonaro pode não significar livrar-se de todos eles e do que eles representam. E tem o quarto filho, que está vindo aí. É o 04, que dizem ser o ‘melhor’ de todos. Os Bolsonaros são uma mala dentro de outra mala, dentro de outra mala, dentro…

2 thoughts on “BOLSONARO É UMA MALA INSUPORTÁVEL

  1. Oh Moisés . De Novo , Pela Centésima Vez , Tu Insistes Em Ir Contra a Onda De COLOnistas Que Insistem Em Afirmar Que O Bosta Será Reeleito , Pois As Pesquisas Feitas Por Telefone Nestes Tempos De Pandemia Assim o Sugerem . Que Os Pobres Serão Comprados Pelo Auxílio Emergência e Esquecerao Do Velho Lula , o Verdadeiro. ESQUECERAO Daquele Que Mudou o Destino Dos Miseráveis Deste País.
    Tu Estás Fazendo Muita Oposição as PESQUISAS e Aos Sábios COLOnistas Deste País- aqueles ‘arrependidos De Ocasião ‘ , Aqueles Que Acreditam Que Só Uma Grande Coalizão Centro -Direita Poderá Vencer o Bosta e Colocar Alguém Como o Doria Na Presidência- desde Que MANTEnha o Jegues Como Ministro Da Economia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 3 =