BOLSONARO EMPAREDOU OS MILITARES?

O recado de Bolsonaro no discurso hoje no Rio, de que a democracia só existe se as Forças Armadas quiserem, permite várias abordagens.

A primeira é esta. Bolsonaro tentou fazer média com os generais, num momento em que é atormentado por escândalos no governo, pelas barbeiragens dos filhos, pelo sumiço do Queiroz, pela baixa popularidade, pelas vaias no Carnaval e pelo mico da divulgação do vídeo pornô.

Bolsonaro pode ter tentado dizer: eu estou fraco, ninguém confia em mim, mas estou com vocês e admito que vocês são os que mandam. Eu fui eleito, mas a democracia só existe se vocês, os não eleitos, quiserem.

A segunda abordagem. Sob a ameaça da concorrência crescente do vice Hamilton Mourão e diante das especulações de que os militares mandam no governo, Bolsonaro fez um movimento com a seguinte mensagem: não inventem de tomar o poder, porque eu estou atento.

Mesmo que de forma enviesada, Bolsonaro falou em voz alta: vou dizer a todos, publicamente, que existe democracia se vocês quiserem. O resumo: se Mourão tomar o poder, foi-se a democracia. E a culpa será dos militares.

O efeito imediato, além da previsível repercussão entre os políticos (quem garante a democracia é a Constituição, com os três poderes e o povo), foi a reação dos militares.

Mourão, Augusto Heleno e Otávio do Rêgo Barros tiveram que dizer (esses dois sentados ao lado de Bolsonaro numa transmissão ao vivo) que as Forças Armadas existem também para preservar a democracia.

Bolsonaro conseguiu o que talvez nem fosse sua intenção lá no discurso. Fez com que os militares falassem e assumissem compromissos. O eleito é ele. E ele é quem deve ser respeitado.

No curto prazo, não há como esperar que os generais se arrisquem a fazer o autogolpe, que Mourão cogitou como possibilidade antes da eleição.

Parece que Bolsonaro, o desastrado, desta vez foi esperto. Mas amanhã pode ter mais. E amanhã é o Dia Internacional da Mulher. É uma data terrível para Bolsonaro. Tudo pode acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 3 =