BOLSONARO JOGA O SUPREMO ÀS HIENAS

Bolsonaro não empurrou Toffoli contra a parede, como andam dizendo. É pior. Bolsonaro encostou a espada no pescoço do presidente do Supremo.

Bolsonaro ignorou agenda, liturgias e respeito às instituições, atravessou a praça e tentou submeter Toffoli ao seu comando.

Tudo de surpresa. Fez publicamente, com estardalhaço, para mostrar que pode subjugar o STF.

Ele e sua turma de empresários não atravessaram a praça. Eles marcharam até o Supremo.

O STF dificilmente irá corresponder às suas demandas. Mas Bolsonaro deseja deixar claro que ele quer salvar a economia do país contra tudo e contra todos.

Bolsonaro quer constranger profissionais da saúde, cientistas, Congresso, imprensa, governadores, prefeitos, Ministério Público e Judiciário. Só ele estaria certo.

Os militares agiam com mais discrição na ditadura.

Bolsonaro jogou para a sua torcida golpista. O Supremo foi desrespeitado e atirado no pátio das hienas da extrema direita.

2 thoughts on “BOLSONARO JOGA O SUPREMO ÀS HIENAS

  1. Fala sério, sr. Moisés! Quando foi que Dias Toffoli não esteve sob o comando de Bolsonaro? Rsrs.

    O que eu acho lamentável é que Bolsonaro NUNCA esteve contra o isolamento. É só um jogo. Agora um “morde e assopra” partilhado com o governo escolhido por ele.

    Enquanto o governo morde dizendo que o problema é sério, o Bolsonaro assopra, dizendo que não é. Obviamente, o oposto não convenceria ninguém.

    Só que para nossa desgraça ESTÁ DANDO CERTO. Quanto mais os governadores empurrarem o fim da quarentena, mais o povo será jogado no COLO de Bolsonaro.

    FOI EXATAMENTE POR ESSE MOTIVO que liberaram SOMENTE 600 reais. Uma ESMOLA perto do que nossos impostos arrecadam.

    É claro que não dá para pagar aluguel, comer e pagar taxas com esse valor e isso vai arrastar milhões de pessoas para o lado de Bolsonaro.

    ELE VAI usar isso contra a esquerda porque é mais fácil ESQUECER __ principalmente para os MILHÕES que não pegaram nem gripe nesse meio TEMPO__, o tal do Covid do que esquecer que viram suas filhas e filhos, mães, pais, etc., passarem fome. A demanda diária, para quem não tem nada, sempre prevalece sobre a memória.

    O vírus desaparece por si só em 15 dias. A fome e a humilhação, não. TODOS ESTÃO contribuindo, inclusive a imprensa, para uma debandada do povo para o lado de Bolsonaro.

    Além do mais, NÃO ESTÁ EM HIPÓTESE ALGUMA PROVADO que todas essas mortes foram causadas por covid ou pela cloroquina indicada pelo “doutor” forma na UFRJ, o Dr. Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 4 =