E ELE SOBREVIVE

Os brasileiros não gostaram da saída de Luiz Henrique Mandetta, reprovada por 64% dos ouvidos pelo Datafolha. Isso quer dizer então que Bolsonaro ficou mal na parada?

Não. A imagem de Bolsonaro melhorou, de 33% de ótimo e bom do levantamento feito de 1º a 3 de abril, para 36% agora.

Os descontentes, que eram 39%, agora são 38%. Bolsonaro é mais reprovado por mulheres (41%), mais ricos (acima de 10 salários mínimos, 48%) e instruídos (com curso superior, 46%).

Os pobres são agora o suporte de Bolsonaro, como as últimas pesquisas vinham demonstrando.

Perguntados se Bolsonaro tem capacidade para continuar liderando o país, 52% acham que sim e 44%, que não. É o mesmo índice da pesquisa anterior.

Novamente, homens são mais favoráveis ao homem, com 58% de “sim”, número igual ao registrado entre moradores da região Sul, seu reduto eleitoral.

O resultado mais favorável a Bolsonaro pode ser o primeiro efeito da liberação da ajuda de emergência, apesar dos erros e desencontros no combate à pandemia.

É estranho, mas esta pode ser a realidade. Bolsonaro demorou para liberar o dinheiro, mandou milhares de pessoas para as filas do CPF, mas mesmo assim os pobres formam o novo lastro de apoio ao bolsonarismo.

A pesquisa reforça que se mantém, até com melhora para Bolsonaro em relação às pesquisas anteriores, o lastro de um terço que não arreda pé ao seu lado.

One thought on “E ELE SOBREVIVE

  1. Bolsonaro poderia liberar 5 mil para cada trabalhador sem prejudicar o País, se quisesse. Já comentei sobre os 4 TRILHÕES que o Banco Central mantém no boca de caixa para “ajudar” bancos sem a autorização dos contribuintes. É NOSSO dinheiro, portanto, deveriamos decidir qual uso fazer, certo?

    Mas quanto ao tal Mandetta… Fico chocada de ter nascido em um País como o Brasil. O Q.I. dos Brasileiros é surpreendente.

    Achar que Bolsonaro vai escolher alguém capaz, sendo ELE MESMO completamente incompetente em tudo ou que tenha intenções diferentes das dele é demais.

    Mandetta É bolsonarista e é mais político que médico. Foi pressionado pelos que não gostam de Bolsonaro e perdeu a mão.

    Mesmo Assim, FOI amplamente “PROMOVIDO” por Bolsonaro com essa FALSA inimizade Ou seja, nas próximas eleições (se é que vai ter) ele já será eleito pelos que não gostam de BOLSONARo e os “neoliberais” continuarão dando as cartas.

Deixe uma resposta para Cristina Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 2 =