BRAGA NETTO FALHOU NO GOLPE CONTRA GUEDES POR FALTA DE PREPARO

Se a tentativa de Braga Netto de intimidação do Congresso com o blefe do voto impresso existe mesmo e não der certo, será a segunda vez que o general terá fracassado com uma ameaça de golpe.

Em 22 de abril do ano passado, o general tentou golpear Paulo Guedes. Foi naquela famosa reunião em que Bolsonaro encarou Sergio Moro e quando Ricardo Salles anunciou o estouro da boiada.

Braga Netto era o chefe da Casa Civil e decidiu fazer seu début como estrategista em alto estilo. A reunião ministerial havia sido preparada por solicitação dele e para que ele brilhasse. Vamos relembrar, porque esse é um país de esquecidos.

O general abriu os trabalhos e estampou num power point no telão o projeto que deveria marcar o encontro do Conselho de Ministros e os próximos anos do governo.

Era o plano de retomada do crescimento da economia com a injeção de recursos públicos em obras de infraestrutura e em projetos na indústria, no agronegócio, nos serviços, no turismo. Estava chegando o Programa Pró-Brasil.

Braga Netto seria o general desenvolvimentista. A imprensa anunciou o plano com alarde. Os militares estavam assumindo o planejamento estatal de grandes obras e projetos e passando por cima de Paulo Guedes.

Muita gente embarcou nessa conversa, eu inclusive. Mas o imbróglio de Bolsonaro com Moro acabou por provocar a divulgação do vídeo da reunião em que o sujeito tratou das próprias hemorroidas e Abraham Weintraub chamou os ministros do Supremo de vagabundos.

O vídeo divulgado por ordem do ministro Celso de Mello denunciou o que de fato havia acontecido. O Pró-Brasil foi desmascarado.

Braga Netto começa a apresentação do seu plano estratégico, que teria a duração de pelo menos 10 anos, e comete um erro colegial ao afirmar em tom de pergunta:

– É um Plano Marshall brasileiro, né?

Paulo Guedes, ofendido pela ousadia do general de apresentar um plano estatal de surpresa, e logo na sua área ultraliberal, reage com certa agressividade.

Não poderia ter sua missão de comandante civil da economia usurpada por um militar. Guedes diz que o plano não funcionaria e atira a maior pedra que tem na mão:

– Eu queria fazer a primeira observação. É o seguinte: não chamem de Plano Marshall porque revela um despreparo enorme.

Braga Netto, o poderoso interventor do Rio, o general da elite das elites, o agora gestor convocado por Bolsonaro para articular as grandes ações de governo na Casa Civil, havia sido chamado de despreparado. E na frente de todos os ministros.

O general tentou dizer que a comparação era apenas uma alegoria e que sabia, sim, o que havia sido o Plano Marshall. Ficou constrangido, abateu-se, e o estrago estava feito. Guedes o denunciava para todos por falta de preparo.

Nunca mais falaram do Pró-Brasil, e Braga Netto foi agora deslocado da Casa Civil para a Defesa, porque o seu destino no governo seria outro.

O general que Paulo Guedes chamou de despreparado diante de todos os colegas e do presidente da República estaria aí agora preparado para o golpe.

5 thoughts on “BRAGA NETTO FALHOU NO GOLPE CONTRA GUEDES POR FALTA DE PREPARO

  1. Desde então, o Brasil piorou muito. Com o vigarismo da religião cujo nome é Petismo.

    Necessitamos muito de bons hospitais. E escolas boas para os curumins.

    Precisamos de alta-cultura. Alta literatura; Kafka, Drummond, Dostoievski, Machado de Assis, Aluísio Azevedo do Maranhão. De arte autônoma. E educação verdadeira nas escolas dos pequenos. O que não houve.

    O Brasil vive consequência de nosso passado político bem atual (2 décadas).
    Fome, falta de moraria, atraso, breguices, escolas ruins, falta de hospitais: concreto…
    O resto são frasinhas® poderosas:

    Eis aí a pura e profunda realidade sociológica e filosófica:
    A “Copa das Copas®” do PT® em vez de se construir hospitais, construiu-se prédios inúteis! A Copa das Copas®, do PT© e de lula©.

    Nada se fez em 13 anos para esse mal brasileiro horroroso. Apenas propagandas e propagandas e publicidade. Frasinhas.

    Qual o poder constante da propaganda ininterrupta do PT®?
    Apenas um frio slogan, o LUGAR DE FALA do Petismo® (tal qual “Danoninho© Vale por Um Bifinho”/Ou: “Skol®: a Cerveja que desce Redondo”/Ainda: “Fiat® Touro: Brutalmente Lindo”). Apenas signos dessubstancializados. Sem corporeidade.

    Aqui a superficialidade do PETISMO®:
    Signos descorporificados. Sem substância. Não tem nada a ver com um projeto de Nação. Propaganda:
    Nem tudo que é legal é honesto. O PT® nos induz ao engodo com facilidade.

    A maior Raposa (mansinha, mansinha) é o lula, do PT.

    PT franchão nauseabundo.

    1. Prezada Martha,

      o Brasil melhorou muito nos governos petistas. É um fato, dados divulgados pela insuspeita FGV comprovam isso. Com Lula e Dilma houve 41 trimestres com a economia em expansão.

      A sra. pode ter a opinião que quiser, é a sua opinião. Só não pode criar os fatos, ter os seus fatos. Os dados que citei podem ser conferidos no artigo do Fernando Brito em: https://tijolaco.net/nao-e-so-a-pandemia-recessao-comecou-antes-e-piorou/

      Saudações cordiais

  2. Um despresidente genocida e bufão, um general 4 estrelas despreparado e linguarudo e outro 3 estrelas especialista em logística e estratégia encenam uma comédia capaz de concorrer com os 3 patetas. O pior é que existe uma claque babona que aplaude as baboseiras daquele trio. Lamentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 6 =