A LIBERTAÇÃO DE RICHARLYSON

O ex-jogador do São Paulo revelou-se bissexual este mês, depois de admitir anos de sofrimento. O lateral era atacado por adversários do time e desprezado pela torcida do próprio clube. A cena com a peruca, ao lado irmão Alecsandro, é do programa Boleiragen, quando ele parecia que iria se se revelar bi, mas recuou. É

FOLHA DE S. PAULO: MAIS UM CASO DE RACISMO NO RIO GRANDE DO SUL

Compartilho, em nome do interesse público, a íntegra de reportagem de Marilice Daronco, da Folha de S. Paulo, sobre a estudante Maria Eugênia Riboli Corrêa, da UFSM, que tem “pavor de conviver com pessoas escuras”. FOLHA DE S. PAULO Aluna é investigada após dizer ter pavor de estar com ‘pessoas escuras’ no RS Estudante de

MUITA GENTE PASSA PANO PARA OS RACISTAS

O caso de racismo do jogador Rafael Ramos, do Corinthians, que chamou Edenilson de macaco, reafirma o que todo mundo sabe e Casagrande observou no Roda Viva. As reações ao racismo e a todo tipo de violência estão sempre aquém do tamanho do crime cometido. Os jogadores, pelo silêncio, são cúmplices do racismo contra os

O EXEMPLO DOS QUE NÃO SE ACOVARDAM

Se o Ministério Público falha, se o sistema de Justiça vacila, se as lideranças se acovardam, as gurias e os guris (e seus mestres) que farão o jornalismo do século 21 estão atentos. Recebi ontem esse link de um amigo que enfrentou e continua enfrentando na Justiça o personagem do vídeo. Vale a pena ler

PRECISAMOS NOS INSPIRAR NA VALENTIA DESTE BRASILEIRINHO

Vamos parar de frescura sobre gestos de bravura na internet (e mesmo fora daqui) e prestar atenção na maior lição de valentia que o Brasil viu este ano. É a cena desta foto, do menino enfrentando os policiais militares que imobilizam sua mãe com brutalidade. A mulher está com um bebê no colo. Para exercer

MIGUEL ÁNGEL RAMÍREZ VAI INCOMODAR O COVARDE FUTEBOL BRASILEIRO

Todo dia aparece alguma foto de jogadores da Europa vestindo camisetas contra o racismo, a xenofobia e o fascismo em geral. A mais recente é de jogadores da seleção da Alemanha. Os alemães repetiram o protesto feito pela seleção norueguesa e apareceram esta semana, em jogo pelas eliminatórias, com camisetas pretas em que cada uma

NÃO PODEMOS PARAR DE FALAR DOS TORTURADORES

Bolsonaro voltou a debochar das torturas sofridas por Dilma Rousseff, e Gilmar Mendes o advertiu de que esse é um dos crimes imprescritíveis. Isso quer dizer o quê? Na Argentina e no Chile (e até no Uruguai, onde também houve anistia), pode querer dizer que os torturadores serão julgados e presos. No Brasil, Mendes sabe