Deboche

O servidor do Estado que recebe salários aos pedaços, como quem cata farelos de um pão que nunca lhe chega inteiro, tem todo direito de se revoltar com essa notícia de hoje.
O Senado pode reforçar os salários dos ministros do Supremo com mais R$ 6 mil e fazer com que os vencimentos cheguem a R$ 39.200. Trinta e nove mil reais!!! E com apoio do governo do interino.
Ah, vão dizer, mas é salário federal. Não interessa. Migalhas estaduais e certas farturas federais devem, sim, ser confrontadas. Todos estão quebrados. E até porque um ministro do Supremo nunca passará pelo sofrimento de ter o salário parcelado.
Esta é uma daquelas notícias destruidoras de restos de crenças em instituições e autoridades em meio a tanto desalento e tanto cinismo.
Os ministros deveriam dizer: nessas circunstâncias, nos negamos a receber esse aumento.
Mas é claro que eu estou imaginando um gesto de grandeza improvável.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 7 =