E O CHEFE DELE?

Largaram o procurador Diogo Castor de Mattos na sarjeta para que Deltan Dallagnol seja poupado?

Mattos será expulso do Ministério Público porque mandou fazer um outdoor com elogios aos justiceiros de Curitiba.

Se tivesse feito aquele power point com as bolinhas, teria sofrido a mesma punição?

Dallagnol era o chefe de Mattos na estrutura da Lava-Jato. E todos eram liderados por Sergio Moro, que abandonou a magistratura para trabalhar para Bolsonaro.

Erguer um outdoor não pode, como fez o procurador expulso pelo Conselho Nacional do Ministério Público.

Mas condenar um réu e se aliar ao inimigo do réu, aí pode?

Mattos deveria cair atirando e contar tudo o que sabe. Ou decidiu assumir a bronca sozinho e ir para o sacrifício?

Deltan Dallagnol dará uma palestra sobre o fim do seu subalterno como procurador da República?

____________________________________________________________________

COVARDISMO
Estão debatendo de novo o que é genocídio. Só falta retomarem o debate sobre o que é fascismo.

Deveríamos debater mesmo, enquanto bombardeiam o relatório de Renan Calheiros, o que é escapismo.

E aproveitar e discutir também o que é covardismo.

____________________________________________________________________

O JABUTI
Omar Aziz repetiu várias vezes que perdeu um irmão para a Covid. Que seu Estado, o Amazonas, foi usado como laboratório para testes com a cloroquina. Que não daria trégua aos criminosos da pandemia. E que jabuti não sobe em árvore.

Pois Aziz, um cara da direita que nos divertia com suas tiradas, era o jabuti na pitangueira.

É Aziz quem tenta agora dar uma arrumada no relatório de Renan Calheiros. Porque Aziz é apenas antiBolsonaro e inimigo de negacionistas.

O presidente da CPI não é um aliado dos progressistas, como alguns chegaram a pensar que fosse.

Aziz está descendo da árvore com a ajuda dos que tentam escapar de indiciamento.

Jabuti não come jabuti.

____________________________________________________________________

BATATTINHA
O Globo transmite ao vivo o debate entre João Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgílio, pré-candidatos do PSDB à presidência.

É o jogo da batatinha frita 1, 2, 3 dos tucanos. Quem vencer se candidata a tirar Bolsonaro da briga.

O Globo promoveria debate ao vivo também com candidatos de outros partidos? Claro que não.

O grupo Globo já está em campanha pelo tucano gaúcho, por achar que sempre controla o jogo.

____________________________________________________________________

JUSTIÇA MIOJO
Não nos enganemos. O sistema de Justiça que encarcera uma mulher pelo furto de um pacote de Miojo é o mesmo que poderá tratar com cordialidade e complacência os mais de 50 denunciados na lista da CPI pelos crimes da pandemia.

____________________________________________________________________

DEBOCHE
No dia em que uma servidora da saúde diz na CPI que ela e os colegas usavam o dinheiro que tinham para comprar remédios para os doentes do hospital, no pior momento da pandemia em Manaus, Dudu Bolsonaro se fantasia de sheik em Dubai com a mulher e a filha.

Deve se reeleger com mais de 1 milhão de votos.

4 thoughts on “E O CHEFE DELE?

  1. QUAL DAS TRAGÉDIAS EMBUTIDAS EM CADA UMA DAS TIRAS DE ACONTECIMENTOS É MAIS REVOLTANTE?
    NA DA BATATINHA, NOS CABE ATENTAR O QUE E COM QUE NOSSO ESTADO VAI PAGAR PARA O PROJETO POLÍTICO DO MOÇO da terceira via.

  2. O Dinheirol tem costas muito largas . Ele estava a serviço de poderosos , com certeza. Vamos ver se ele continua com o sonho de se tornar senador em outubro /22. Se a justissa brazileira fosse seria este entreguista canalha deveria estar preso.

  3. O placar no cnmp foi apertado, 6×5. Nota-se que, diante de uma conduta proibida para um servidor público, ainda prevalece um forte corporativismo. Deve-se acompanhar o caso com muita atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 4 =