ECONOMIA PARA TROUXAS

O grande truque da direita que assume o poder, para lustrar a imagem de bom mocismo, é o da redução de despesas com assessores, diárias, comida e até lavanderia.

O político de direita assume anunciando que vai cortar despesas até no sabonete comprado com dinheiro público.

É conversa mole para enganar ingênuos. Os gaúchos adoram essa conversa. Os grandes gastos, os encobertos, os que a população não vê, são outros.

O populismo da direita ganhou força nos últimos anos quando eles perceberam que a população em geral é mais ignorante do que se pensava.

Pesquisas mais recentes confirmam que, como diz Chomsky, numa citação sempre repetida (peço desculpas), as pessoas não sabem o que se passa em torno delas e por isso mesmo não sabem que não sabem.

As pessoas acreditam mesmo que, comprando a própria comida, um governador estará economizando para o Estado e dando exemplo de austeridade.

Se fosse assim, a direita não teria quebrado o Estado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 1 =