ELES NÃO DESISTEM DO TRÍPLEX

Lula é o dono do tríplex do Guarujá. A Lava-Jato tem tanta certeza disso que Lula foi condenado por Sergio Moro e teve a condenação confirmada, em tempo recorde, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.
Lula foi preso por causa do tríplex. Mas o lavajatismo é confuso e contraditório. O procurador da República Ronaldo Ruffo, talvez por não saber que o apartamento era de Lula, denunciou o próprio dono como mandante de uma invasão da própria propriedade em abril de 2018.
Ora, se Lula foi condenado porque empreiteiras teriam feito reformas luxuosas na cozinha do apartamento, instalando até forno de microondas, e se o tríplex era dele, como Lula poderia mandar invadir o próprio tríplex? Para quebrar o que é dele, como o procurador alega? Para destruir a cozinha nova?
Não tem cabimento. Além de Lula, foi denunciado o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e candidato a presidente do PSOL, Guilherme Boulos. Sabe-se que Lula e Boulos se dão muito bem.
Como então Boulos poderia ter mandado gente do movimento invadir um apartamento do amigo Lula, de quem desfruta de admiração por sua postura quando do episódio da prisão do ex-presidente exatamente por causa do tal tríplex?
Só falta denunciarem Lula pela invasão da mansão do Ronnie Lessa, o vizinho de Bolsonaro no condomínio da Barra da Tijuca.
(Na foto, o que seria o tríplex na imaginação da Lava-Jato)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 1 =