ENQUANTO DISCUTEM O CASO DO CACHORRO DE MICHELLE

Sim, Augusto, o pastor-maremano adotado e devolvido por Michelle Bolsonaro, é o assunto do momento.

Enquanto isso, Mônica Bergamo publica essa informação na coluna dela na Folha hoje.

Que advogado famoso se dispõe a ajudar na luta pela libertação desse moço, já que os sem-fama não conseguiram nada até agora?
Eis a notícia:

A ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou liminar a um jovem (que está preso) que furtou dois xampus, de R$ 10 cada um, para que cumprisse penas alternativas. Ele já tinha sido flagrado em outros furtos.

O caso tramita também no STJ (Superior Tribunal de Justiça), onde o ministro Félis Fischer decidiu monocraticamente contra o réu. O caso deve agora ser apreciado pela 5ª Turma da corte.

A defesa do acusado pedia que Rosa revertesse a decisão de Fischer. Na negativa, ela transcreve manifestações anteriores sobre o caso.

O juiz de primeira instância, que determinou a prisão, por exemplo, argumentava que o jovem deveria permanecer detido “tendo-se em vista diversos antecedentes que possui, inclusive a reincidência específica”. Por isso, ele não conseguira “conviver em sociedade”, ainda que o valor dos xampus seja irrisório.

O réu é representado pelo advogado Lucas Marques e pelo estudante de direito Gustavo Neno Altman. Eles devem entrar com pedido de reconsideração da decisão de Rosa Weber no próprio Supremo.

____________________________________________________________________

CHEGOU A HORA DO SOMBRA
A imprensa argentina se prepara para noticiar a qualquer momento a prisão de uma das pessoas mais próximas de Mauricio Macri.

O seu assessor particular no governo e ainda hoje um auxiliar que funciona como uma espécie de faz-tudo, o advogado Darío Nieto.

O advogado teve habeas corpus preventivo, para que a prisão seja evitada, negado pelo juiz Federico Villena. O que significa que pode ir para a cadeia nos próximos dias.

Nieto, conhecido como o Sombra por estar sempre ao lado de Macri, seria o encarregado de repassar ao então presidente as informações conseguidas pelo grupo que espionava opositores.

E ele era quem enviava ‘encomendas’ de Macri aos espiões do grupo Super Mario Bros, com pedidos de missões especiais. Era o pombo-correio de Macri.

São 22 os presos até agora, a maioria policiais e servidores da Agência de Inteligência da Argentina, a AFI.

Eles trabalhavam numa estrutura, dentro da agência, criada por Macri para acompanhar cada passo de Cristina Kirchner, jornalistas, sindicalistas, senadores e deputados considerados inimigos.

O juiz trabalha a partir da delação de um traficante. Já está presa Susana Martinengo, também assessora próxima de Macri e que trabalhava com Nieto.

____________________________________________________________________

PERIGOSA ESQUERDISTA
O véio da Havan atacou Miriam Leitão e foi processado pela jornalista por supostos danos morais.

Miriam perdeu na primeira instância e perdeu de novo agora na 26ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio.

E o que Miriam considerou uma ofensa grave? O véio a acusou de emitir opiniões revestidas de “caráter político ideológico de esquerda”.

E se o véio tivesse dito que Miriam Leitão é apenas uma fofa de direita?

Li a notícia agora e derramei o café. Vou parar de rir no fim da tarde.

____________________________________________________________________


___________________________________________________________________

E SE…
É bom o debate proposto pelo jornalista Jones Lopes da Silva: e se Decotelli fosse branco, bonitão, com currículo lattes que vem de berço e com amigos grileiros, como é o Ricardo Salles, será que não teria sobrevivido?

2 thoughts on “ENQUANTO DISCUTEM O CASO DO CACHORRO DE MICHELLE

  1. Começando um bom debate do “E se”, se compararmos politicamente os dois citados, Salles surgiu para o Brasil como resultado do projeto de poder do PSDB em São Paulo, com forte apoio da FIESP. Não é pouca coisa. E Decotelli, com aquele currículo duvidoso, quem o estaria apoiando? É questão de pedigree político, sem cor nem raça.

  2. O pedigree político sem dúvida é decisivo. Mas voltemos a questão estrutural. Qual o negro tem esse pedigree político nesse governo..?
    Não me responda que é o Hélio Negrão. Este continua cumprindo o papel do negro na vida de um racista.
    Este comentário não é uma defesa do indivíduo Decotelli e suas falsidades, que seguem a LINHA dos DEMAIS membros deste governo, começando pela “família governante”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 1 =