Extrema direita manda recado a Alexandre de Moraes: o véio da Havan está vivo

Uma figura manjada tentou ser protagonista da tragédia gaúcha, mas não foi em frente. Sentiu que poderia se dar mal, deu seu recado e foi embora.

O véio da Havan foi a Lajeado dia desses e gravou um vídeo diante da sua loja destruída ao lado do rio Taquari, na BR-386. Chorou mostrando a destruição.

Foi de volta para Santa Catarina, deixou dois helicópteros para ajudar nos resgates e quase foi homenageado depois pela Câmara dos Deputados como herói.

O deputado Paulo Bilynskyj (PL-SP) apresentou um requerimento, na Comissão de Segurança, para que fizessem uma moção de aplauso ao sujeito, rejeitada por falta de votos.

Agora, dois detalhes das atuais circunstâncias que cercam o véio da Havan. Ele não conseguiu divulgar o vídeo que fez em Lajeado em suas redes, porque está fora da internet desde agosto de 2022 por ordem do ministro Alexandre de Moraes, sob a acusação de conspirar contra as instituições e a democracia.

A segunda questão é essa. O sujeito poderia ter dito que vai reabrir a loja, com a ressalva de que deve evitar o mesmo local. O prédio inundado está em área questionada como de preservação permanente, desde a inauguração. Mas estaria ali, até ser invadida pelo rio, por uma exceção, como coisa de ‘interesse público’. O Ministério Público saberá esclarecer.

Mas o que levou o empresário a viajar ao Rio Grande do Sul? Claro que para tentar se apresentar de novo como exemplo a ser seguido. Por que a extrema direita tentou homenageá-lo na Câmara? Só por ter ido ao Rio Grande do Sul?

Para escancarar que ele está vivo como figura pública impune. A extrema direita quis dizer no Congresso que Luciano Hang continua ativo, vivo politicamente e, sem julgamento em vários inquéritos, ainda desfrutando da impunidade.

O deputado que propôs a homenagem quis na verdade mandar um recado a Alexandre de Moraes. O véio da Havan sobreviveu até aqui e continua tentando ser protagonista.

Com um detalhe relevante. O indivíduo reapareceu com a roupa que o próprio Moraes define como fantasia de verde periquito.

Alguém duvida que ele poderá sobreviver ao cerco do ministro do Supremo?

____________________________________________________________________________________________

PILANTRAS
Comparações em momentos como esse são complicadas. Mas é provável que o Brasil nunca tenha visto antes, com essa dimensão, uma mobilização de voluntários como a que acontece no Rio Grande do Sul e envolve e emociona o país todo.

E aí aparecem, no meio desse esforço humanitário coletivo, os aproveitadores vinculados, é óbvio, à extrema direita.

É nojento ver gente com camisetas de políticos negacionistas, de ‘times’ do fulano e do beltrano, no meio dos socorristas.

É apenas mais uma face das crueldades do fascismo. São pilantras que brotam dos bueiros como ratazanas.

3 thoughts on “Extrema direita manda recado a Alexandre de Moraes: o véio da Havan está vivo

  1. Esta area onde está a loja do
    Véio da havan, foi aterrada
    Ilegalmente, desde aquela vez
    Qualquer enchente acima de 25
    Metros , faz a cidade virar um
    Caos. Certifiquem-se.

  2. As inundações e outras tragédias sempre trazem à tona as ratazanas…
    Certamente, o recado à extrema-direita foi dado: o véio está vivo, continua e continuará impune! Não só isso, como continuará tentando, através da “justissa”, calar as vozes que se levantam contra seus malfeitos!
    O seu poder ficou evidente, ao colocar em seus celulares senhas que sistema nenhum no mundo consegue decifrar… Há anos!

  3. Extrema direita que ajuda nada e ainda propaga fake news. Curiosamente, o seu lider está fazendo teatro qualquer em um hospital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 7 =