FALTA A FICHA

Sempre que alguém bate em mulher, ataca gays, aplica golpes em aposentados, come carne de cachorro de rinha ou prega o nazismo, logo aparecem as fotos e o histórico do sujeito nas redes sociais.
Confirma-se quase sempre a primeira suspeita: o cara é bolsonarista verde-amarelo, desses de passeata na Avenida Paulista.
Raramente falha. Um sujeito com esse perfil é um extremista de direita.
Por que os investigadores de rastros nas redes estão demorando a descobrir a ficha completa do homem que espancou Karol Eller?
Será que estamos diante do primeiro caso de bolsonarista sem vida virtual?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 6 =