FALTAM OITO

O Supremo tem 11 ministros. Três já se manifestaram para responder o recado que Bolsonaro mandou pelo filho, com a ameaça de que um soldado e um cabo podem fechar o STF. Rosa Weber, Celso de Mello e Marco Aurélio.
Os outros oito estão pensando, incluindo o presidente da Corte, Dias Toffoli. Nesse ritmo, teremos a manifestação de todos até o fim da semana.
A reação mais forte é a de Celso de Mello, que enviou essa nota à Folha de S. Paulo:
“Essa declaração, além de inconsequente e golpista, mostra bem o tipo (irresponsável) de parlamentar cuja atuação no Congresso Nacional, mantida essa inaceitável visão autoritária, só comprometerá a integridade da ordem democrática e o respeito indeclinável que se deve ter pela supremacia da Constituição da República!!!! Votações expressivas do eleitorado não legitimam investidas contra a ordem político-jurídica fundada no texto da Constituição! Sem que se respeitem a Constituição e as leis da República, a liberdade e os direitos básicos do cidadão restarão atingidos em sua essência pela opressão do arbítrio daqueles que insistem em transgredir os signos que consagram, em nosso sistema político, os princípios inerentes ao Estado democrático de Direito”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


7 + 4 =