O FRACASSO DA DIREITA CAMUFLADO PELOS JORNAIS DA DIREITA

O jornalismo da grande imprensa e suas estranhas chamadas de capa.
Esta chamada é do Globo:
“Divisão da oposição esvazia atos contra o governo Bolsonaro após 7 de setembro”

O fracasso não é atribuído à direita e à extrema direita, que organizaram os atos, mas ao que seria a divisão da oposição.

O mesmo Globo informa logo abaixo:
“Em São Paulo, pré-candidatos à Presidência de diferentes campos políticos discursaram em carro de som”

Que história é essa de diferentes campos políticos, se todos eram da direita?

O Estadão tem uma manchete parecida com a do Globo:
“Oposição rachada esvazia manifestações a favor do impeachment de Bolsonaro”

Tem mais este título do Globo:
“Bolsonaro destruiu a própria credibilidade, diz o jurista Joaquim Falcão em entrevista”

Mas que credibilidade?

E mais esta na Folha:
“Economistas temem que série de crises provocadas por Bolsonaro alimente recessão em 2022”

Eles apenas temem que aconteça? Eles não têm certeza?

E mais uma chamada da mesma Folha:
“Bolsonaro é risco à democracia, e Lula é risco à economia, diz Edmar Bacha”

Bolsonaro só ameaça a democracia? A economia está bem? E Lula é risco em que sentido? A entrevista não esclarece.

Imaginemos que sejam os riscos do pleno emprego, da inflação baixa, do protagonismo internacional, do acesso de pobres e negros à universidade, dos índios protegidos, das florestas preservadas…

A classe média de Edmar Bacha sabe que esses riscos existem mesmo.

___________________________________________________________________[

ESCONDIDINHO

Tente achar nos jornais gaúchos uma foto, uma só, em que o governador Eduardo Leite apareça discursando para meia dúzia de militantes da direita hoje no Parcão.

Os jornais preservaram o gaúcho da terceira via e esconderam as fotos, mesmo que ele tenha discursado duas vezes.

Nunca antes um governador foi exposto a um vexame desse porte.

___________________________________________________________________

LIÇÕES

O fracasso do MBL nas ruas é uma lição que as esquerdas já deveriam ter aprendido.

A direita militante que existe hoje é a bolsonarista, mesmo que dissimulada ou arrependida.

Essa direita aparentemente encabulada do MBL não é o centro democrático, que ainda existe e já está com Lula.

A adesão aos apelos do MBL era uma armadilha. Que os ingênuos que foram às ruas com a direita ex-bolsonarista reconheçam que erraram.

____________________________________________________________________

BRANCOS E PUROS

O MBL conseguiu o que muitos tentaram. Uma falsa divisão entre as esquerdas, agora entre os que se vestem de branco e os que desejam usar todas as cores. Que bobagem.

Essa história do branco lembra uma bela crônica de Contardo Calligaris. Era sobre uma conversa em que a controvérsia seria a neutralidade do ambiente no consultório de um psicanalista.

As paredes poderiam ter cores e coisas que interferissem numa imaginada neutralidade?

O branco, sem adornos, sem muitos quadros nas paredes, seria o espaço neutro de um consultório?

Um consultório deveria ser parecido com uma caixa de isopor?
Resumindo, mesmo que grosseiramente, a conclusão era essa: não, o branco não é neutro.

Muito menos nas atuais circunstâncias. O branco de falsas neutralidades não dá conta da luta contra o fascismo.

One thought on “O FRACASSO DA DIREITA CAMUFLADO PELOS JORNAIS DA DIREITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 7 =