General fake

Quando o Jornal Nacional divulga notícia de perfil fake de um general, às vésperas do que pode ser uma guerra com a Venezuela, é porque a coisa está feia mesmo.
Notícias sobre generais, em meio à gritaria sobre uma guerra que talvez seja apenas um blefe, deveriam ser conferidas e reafirmadas por outros generais antes de ir ao ar no mais importante jornal da TV brasileira.
Mas o cenário todo não pode ser sério mesmo. Se fosse, não teríamos um grupo de civis, que até bem pouco tempo conversava apenas com milicianos (para definir espaços de atuação e impedir a ascensão de outras facções no Rio), articulando táticas para um conflito bélico com repercussões mundiais.
Até os filhos amigos de milicianos opinam sobre a ação de guerra.
E um ministro general, certamente constrangido com essa turma civil (e com o chanceler Araujo), é obrigado a desmentir que tenha dito o que Willian Bonner disse que ele disse.
Só falta o Alexandre Frota montar num cavalo branco e declarar guerra contra Maduro ao vivo no Jornal Nacional.
(Veja o vídeo com a notícia fake. Prestem atenção no detalhe da bandeira tremulando às costas de Willian Bonner, para dar solenidade ao que era lido, no melhor estilo do tempo da ditadura.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 9 =