Grampos e vazamentos

Scanner_20160703 (2)

Esse áudio vazado (vazado?) em que o Argel diz que vai tocar o trator por cima do Grêmio é a banalização do  vazamento que não é vazamento.

Michel, o interino, vazou um discurso antes de assumir e vazou uma carta ridícula em que se queixava de Dilma.

Claro que o ‘grampo’ do Michel e o grampo do Argel foram combinados.

Hoje se ‘vaza’ todo tipo de áudio, inclusive esse com essa bobagem mal-enjambrada para o Gre-Nal, e só não vazam áudios e vídeos envolvendo tucanos.

O grande mistério da política brasileira é este. Onde vão parar os áudios e vídeos que envolvem tucanos?

Não os que têm o Aécio como personagem, porque Aécio é delatado quase todos os dias.

Mas e os outros? Quando começaremos a ter grampos e vazamentos envolvendo gente do PSDB nos casos do metrô, da merenda, de Furnas etc?

É uma mercadoria que vêm nos sonegando.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 3 =