Jornalismo e literatura

Gosto demais de eventos como este. Estarei lá amanhã, bem faceiro. Compartilho o texto e o cartaz da Casa das Artes Villa Mimosa, de Canoas.

“A semana começa com um evento incrível pra quem gosta de literatura, jornalismo e política! Amanhã, terça-feira, teremos a alegria de receber o jornalista e cronista Moisés Mendes para uma apresentação do seu livro de estreia “Todos Querem Ser Mujica”.

A programação começa às 19h, com um debate sobre literatura e política que terá a participação do autor e dos professores de Literatura Daniel Weller e Celso Augusto Uequed Pitol. Após o bate-papo, Moisés realiza uma sessão de autógrafos.

“Todos Querem Ser Mujica” reúne crônicas escritas para o jornal Zero Hora entre 2014 e 2016. A crise política brasileira se destaca entre os vários temas abordados pelo autor, além de uma crônica inédita sobre Maria Antonieta Bellaguarda, a musa do poeta simbolista Alceu Wamosy. O prefácio é do escritor Luis Fernando Verissimo.

Moisés Mendes trabalhou em Zero Hora por 27 anos, destacando-se como um cronista de ideias progressistas, com posições críticas, inclusive, em relação ao papel do jornalismo na sociedade, em especial na abordagem dos conflitos atuais no Brasil e no mundo.

A obra marca também a entrada da Diadorim Editora no mercado editorial. Criada pelos jornalistas Denise Nunes e Flávio Ilha, a editora pretende conquistar espaço no cenário cultural com publicações de diferentes gêneros literários, de ficção e não ficção”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 8 =