Jornalões sabotam o socorro ao Rio Grande do Sul, sempre em defesa do ‘arcabouço’

O Estadão publicou a manchete abaixo, essa semana, enquanto as chuvas agravavam a situação de áreas destruídas do Rio Grande do Sul:

“Arcabouço fiscal perde credibilidade e está perto de ‘tiro de misericórdia’, dizem analistas”

Por que os jornalões insistem tanto com o arcabouço em manchetes sucessivas? Por que a questão fiscal não sai de pauta?

Porque, ao mesmo tempo em que Folha a Estadão sabotam o plano, é preciso manter o governo encurralado e sob questionamento do mercado financeiro.

Estadão, Folha e Globo, mesmo que esse último um pouco menos sabotador, já disseram que o governo federal não tem de onde tirar dinheiro para salvar o Rio Grande do Sul.

Mas eles querem que a Petrobras ‘salve’ os acionistas ricos, com o pagamento dos tais dividendos extraordinários. É preciso subtrair investimentos da Petrobras para contemplar os acionistas amigos dos jornalões e dos homens da Faria Lima.

Tudo porque a Petrobras é a única empresa que garante bons rendimentos em bolsa aos seus acionistas. Porque o mercado acionário do capitalismo brasileiro depende de uma estatal.

Assim, os três jornais acabam sendo aliados dos fascistas que levaram o Rio Grande do Sul a essa situação e não sabem como consertar a destruição que causaram.

Para Folha, Estadão e Globo, até o socorro ao Estado pode comprometer o arcabouço. A grande imprensa não tem mais nada dos escrúpulos que haviam restado do tempo da ditadura.

______________________________________________________________________________________________________________________________

CORREDOR
Quando alguém pensou que o principal acesso a Porto Alegre seria improvisado e chamado de corredor humanitário, como acontece nas guerras?

______________________________________________________________________________________________________________________________

ENCOLHIDOS
Tem muita figura pública vista como referência e inspiração que está quieta diante da catástrofe enfrentada pelo Estado.
Por que estão quietos e distantes? Por medo de se comprometer com a extrema direita? Para preservar carreiras, negócios e claques?

One thought on “Jornalões sabotam o socorro ao Rio Grande do Sul, sempre em defesa do ‘arcabouço’

  1. Jornalões paulistas e cariocas me fazem lembrar um certo Império Escravagista de um tal de Dom Pedro II, com Capital no Rio de Janeiro, que enviou um certo Duque de Caxias e suas tropas imperiais para sufocar a República Rio-grandense. Assim como os bascos e os catalães, os gaúchos estão condenados até o apocalipse, por cláusula petrea da Constituição, à submissão a Madrid, ops, perdão, a Brasília. Nunca os gauchos foram tão FARRAPOS como hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 6 =