Moonlight

Para fugir um pouco da política no fim de semana, vou dizer aqui algo que talvez tenha a discordância da maioria. Me decepcionei muito com Moonlight. Não foi decepção pequena, foi das grandes.

Moonlight é uma bela história (dizem que de uma grande peça), com um tema poderoso, que vira filme num momento adequado, mas o resultado é um desperdício.

Os personagens são esquemáticos, as falas são de teatro de colégio e há todos os clichês possíveis de filme de bullying. Claro que tem o mérito de tratar de um assunto nunca abordado desta forma (um adolescente negro, gay e pobre e sua única possibilidade de redenção). Mas e daí? Um bom tema não salva um filme.

A impressão é de que em alguns momentos (as conversas na mesa, por exemplo) o diretor Barry Jenkins está filmando a peça.

Queria ver esta história na mão de um dos Lee (o Spike e o Ang) ou mesmo de um Fernando Meirelles. O filme é maneiroso, mas parece não ter pegada. Confesso que não me emocionei.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 4 =