Não se entreguem

O Future-se virou um entregue-se. Mas tem universidade reagindo. Li hoje que a Universidade Federal do Ceará (UFC) não quer saber da transformação da instituição em negócio.
Agora, são seis as que rejeitam formalmente a proposta do liberalismo da extrema direita. As outras são a UFRR (Universidade Federal de Roraima), UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), UFAM (Universidade Federal do Amazonas), UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e a Unifap (Universidade Federal do Amapá).
Ontem, meu amigo Ivan Duarte, vereador em Pelotas, me informou que hoje à noite a Câmara da cidade debate o assunto,
A decisão de aderir ou não ao programa é tomada pelos conselhos universitários. Mas as comunidades não podem ficar indiferentes ao debate.
Tem gente se mexendo, mas também tem muita gente quieta. Quem vai enfrentar o fundamentalismo bolsonarista disfarçado de empreendedorismo na educação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 4 =