O avanço da extrema direita

A reportagem do Fábio Schaffner, que li agora na Zero online, tem todos os elementos para que se conclua: a direita extremada pode estar passando dos limites em Porto Alegre.
A matéria é sobre o que vinha ocorrendo com Plínio Zalewski, o coordenador do plano de governo de Sebastião Melo à prefeitura, encontrado morto esta semana.
A sequência de fatos relatados pelo Fábio é preocupante. A suspeita é de que Zalewski havia sido cercado por uma certa militância radical e com crueldade.
Vão dizer, como parece que já andam dizendo, que estão explorando politicamente uma tragédia. Mas é preciso entender o que vinha acontecendo. E, pelo que li, o que vinha ocorrendo é grave.
A Polícia precisa esclarecer também quem são e o que andaram e andam fazendo em Porto Alegre os militantes da extrema direita que teriam sido importados de São Paulo para participar da campanha do candidato que anda.
A extrema direita desembarcou em Porto Alegre nessas eleições, para se aliar à direita dissimulada e fofa. Se deixarem, as duas podem chegar ao poder municipal. Exagero? Então tá.

One thought on “O avanço da extrema direita

  1. Somente tera valor se dedurar gente grande ds direita??
    Tá aí uma tese de quem cada dia perde mais a credibilidade.
    Caminhando à passos largos para se aposentar por perda de consciência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 3 =