O IMPRESSIONISTA ANALFABETO CORRIGIU O CORRETOR

Fui apresentado esses dias, aqui na internet e por um amigo comum, a dois caras que passam o dia de tocaia à espera das bobagens de Bolsonaro, Sergio Moro, dos filhos de Bolsonaro e principalmente de Abraham Weintraub.
Esses dois caras fazem parte de um grupo com ramificações por todo o Brasil. A tarefa deles é pegar a besteira na hora em que foi produzida, antes de ser apagada, como aconteceu ontem com o “imprecionante” de Weintraub.
Eles não dão bola para as bobagens ditas por Damares, porque estão incorporadas à cultura nacional. Damares já é um patrimônio da besteira, uma goiabeira frutuosa e perene.
Um dos garimpeiros de cagadas (sim, cagadas) dos bolsonaristas observa que muitas vezes a postagem sai certa, com português correto.
Isso quer dizer que o sujeito escreve errado, o corretor faz a correção automática, mas o impressionista analfabeto convicto insiste, corrige o corretor e posta o texto com o seu jeito “imprecionante” de ver o mundo.
Deve ser o que aconteceu com Weintraub ontem. Ele escreveu, não confiou no corretor que indicou o erro e tacou o ‘c’ à força no “imprecionante”.
O que demonstra que Bolsonaro tem ministros com forte convicção do que fazem e escrevem. Weintraub e Carluxo estavam cotados para escrever a declaração de guerra do Brasil ao Irã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 4 =