O INCIDENTE DE MORO

O ex-juiz Sergio Moro disse que o assassinato de um trabalhador negro no Rio, executado com 80 tiros disparados por soldados do Exército, foi um incidente.
“Foi um incidente bastante trágico. Lamentavelmente, esses fatos podem acontecer”, disse Moro em entrevista a Pedro Bial. Não vi a entrevista, mas depois fui ver o vídeo. A frase está lá.
Incidente e lamentável são palavras que se prestam para qualquer situação. Um gol perdido pelo Grêmio é lamentável. Um acidente é um incidente. A perda de alguém é lamentável.
Um golpe, a eleição de um fascista. Tudo pode ficar na condição de incidente lamentável. Mas um golpe e o poder exercido por um fascista são bem mais do que isso.
Um crime como o que aconteceu no Rio também. Um crime não pode ser visto apenas como algo lamentável. Muito menos como incidente.
Um crime precisa ser definido como crime. Foi um assassinato. Dizer que foi lamentável é quase como não dizer nada.
O que aconteceu no Rio foi um crime, uma barbárie. E por que o ex-juiz não disse que foi um crime? Porque o ex-juiz não tem provas.
O ex-juiz deve querer provas de que o trabalhador foi executado pelos soldados que dispararam 80 tiros por engano. Porque o ex-juiz só trabalha com provas robustas.

One thought on “O INCIDENTE DE MORO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 5 =