O NETO DE BOB FIELDS ENTROU NUMA FRIA

Nunca antes um presidente do Banco Central foi submetido a tanto constrangimento e a tanta humilhação.

Roberto Campos Neto, sempre com ar de quem não queria estar ali, vem sendo convocado por Bolsonaro para figurar nas fotos da sua turma nas últimas aparições.

Apareceu na semana passada na fala em que Bolsonaro tentou rebater as acusações de Sergio Moro e ontem estava de novo no cercado do Alvorada.

O cercado é o reduto da política da chinelagem. É ali que Bolsonaro interage com a claque que consegue manobrar, quando diz as besteiras que ensaiou ao acordar.

Bolsonaro enrola e sabe que é enrolado por aquela gente. É o teatro do vídeo que será divulgado depois com suas reflexões sofisticadas.

Ontem, Roberto Campos parecia o muro de arrimo de Paulo Guedes. Claro que foi chamado porque Bolsonaro precisava dizer que Guedes é quem ainda manda na economia, e não o general Braga Netto do programa Pró-Brasil.

Bolsonaro precisa dizer que tem compromisso com as reformas de Guedes, com o controle das contas, com o teto de gastos, com as privatizações e com as maldades contra o povo e os servidores.

O neto de Roberto Campos fica ao lado como uma espécie de avalista do que está sendo dito, como um reforço de reputação e confiança, como guardião da moeda.

Não é para o povo do cercado que ele está ali, porque ninguém sabe quem é Roberto Campos Neto, é para quem irá ver depois o que foi filmado.

Tudo para passar seriedade aos banqueiros e aos empresários socorridos pelo bolsonarismo. É uma situação esdrúxula. Governo nenhum submeteu um presidente do BC a esse vexame.

A cara do moço era de desconforto, na sexta-feira e ontem. Tanto que passou todo tempo comprimindo nervosamente a boca.

O avô Bob Fields, se estivesse vivo, diria: sai daí, menino, que até o Banco Central vai estourar.

___________________________________________________________________

CRIME COM A MISÉRIA
O auxílio de emergência que não existe, que leva milhares às filas da Caixa, é mais do que um golpe cruel, é o crime perfeito da índole do bolsonarismo contra os miseráveis.
O governo está enganando quem passa fome.

___________________________________________________________________

EM QUEM CONFIAR
Eu compraria o Chevette rebaixado do gordinho da esquerda, mas não andaria de carona no Camaro amarelo do gordinho da direita,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 5 =