O pacote e a mula

Terminou o Carnaval, finalmente terminou 2016, não há mais desculpa da imprensa para abordagens superficiais da história do pacote do Padilha.

A partir de hoje, as equipes de elite dos grandes jornais devem ser mobilizadas para que sejam esclarecidas as histórias do pacote da Odebrecht e da mula José Yunes.

Jornais que conseguem colocar dezenas de repórteres atrás da Ivete Sangalo podem acionar seus times para assuntos mais sérios.

É a hora de sair atrás do trio elétrico do PMDB, a não ser que o jornalismo esteja com medo de algum fio desencapado.

One thought on “O pacote e a mula

  1. O teu “…acabou o carnAval…”, ME LEMBROU UMA SUGESTÃO QUE OUVI: FIXAR A DATA DO CARNAVAL. ASSIM, O PAÍS PáRA DE VEZ com ESSE COMPASSO DE ESPERA TODO ANO. Eu sei que há poderosos interésses no carnaval móvel, mas não há justificativa plausível que um país pobre, tendo tudo ainda por fazer e conquistar, se dar ao luxo de aguardar a passagem de uma data para iniciar as atividades em todos os campos.
    Que prejuízo poderia haver??
    Que que ‘ocê acha, Moisés??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


7 + 3 =