O PASSEIO DE BOLSONARO

Alguns ainda imaginam (sim, uns 20% ou até mais) que Bolsonaro faz alguma coisa como presidente da República, que ele acorda cedo, dá expediente, despacha com dezenas de assessores e dorme tarde.

E aí aparece agora essa foto da Reuters nos jornais online, com o sujeito passeando de moto no meio da tarde, sem máscara, conversando com os garis e acenando para as emas do Alvorada.

Enquanto a pandemia avança, o Ministério da Saúde retém verbas que poderiam salvar centenas de pessoas, e a gestão da peste está descontrolada, Bolsonaro dá trela para os garis e anda de moto.

Está cada vez mais provado que Bolsonaro não faz nada. Paulo Guedes trabalha para os generais.

(O interessante é que dois dos funcionários da limpeza ficam de cantinho, afastados de Bolsonaro, certamente para não serem infectados pelo homem.)

____________________________________________________________________

SÓ PARA O QUEIROZ
Notícia que está agora no 247. O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, negou nesta quinta-feira (23) um pedido de prisão domiciliar para presos que fazem parte do grupo de risco da Covid-19.

A ação do Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos se baseava na decisão de Noronha de enviar para prisão domiciliar o ex-assessor de Flávio Bolsonaro Fabrício Queiroz, que cumpre prisão em casa justamente por integrar o grupo de risco da Covid-19. Portanto, o pedido tratava de estender o benefício de Queiroz a outros presos do sistema penitenciário.

João Otávio de Noronha considerou a solicitação genérica, já que não trata da singularidade da situação de cada preso. A íntegra da decisão, porém, não foi divulgada.

O argumento é risível. Se diz que tem que particularizar cada caso, fica claro que o Queiroz e a mulher dele conseguiram deixar bem claro suas particularidades.

____________________________________________________________________

OS MÉDICOS
Vale a pena ver o poder de síntese do médico Nelson Nisenbaum nesse vídeo:

https://www.facebook.com/nelson.nisenbaum/videos/10217962935848628/

____________________________________________________________________

AS FILHAS
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não contará com os serviços de Isabela Braga Netto como gerente e com salário de R$ 13 mil.

A filha do general Braga Netto desistiu da nomeação diante da repercussão negativa e da possibilidade de a contratação ser barrada por nepotismo.

Mas a filha do ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, foi nomeada para o cargo de supervisora na Diretoria de Gestão de Pessoas da RioSaúde.

É uma empresa pública da prefeitura do Rio, cujo prefeito é Marcelo Crivella. O pastor-prefeito tem buscado reaproximação com a família Bolsonaro, pensando nas eleições de 2022.

____________________________________________________________________

ABANDONADO
A votação do Fundeb, com resultado desastroso para Bolsonaro, mostra que o sujeito não tem partido, não tem apoio no Congresso, não tem amigos fieis, não tem nem a confiança das emas.

Bolsonaro tem o apoio dos militares e uma caixa de cloroquina no bidê ao lado da cama.

Na cloroquina, ele sabe que não pode confiar.

One thought on “O PASSEIO DE BOLSONARO

  1. No caso do Queiroz, a POLÍCIA já descobriu o endereço onde uma foragida estava escondida? Ou será que a justiça vai passar o pano pra isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


7 + 1 =