O PERU E OS TUCANOS

Está sendo caçado o primeiro grande líder político de direita por envolvimento com as propinas da Odebrecht… mas no Peru.
Lá, parece que a direita corrupta não é poupada pela Justiça. Procuradores andam atrás do ex-presidente Alejandro Toledo, acusado de ter recebido US$ 20 milhões da empreiteira.
Os investigadores peruanos poderiam mostrar à Lava-Jato como evitar que uma caçada pegue apenas gente de esquerda. Toledo está na França e pode ser preso quando retornar.
Aqui, políticos da direita, em especial os tucanos já denunciados, continuam impunes, por falta de provas e de convicções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 5 =