Os banqueiros e o ex-banqueiro

Os banqueiros conspiram contra a política econômica dita liberal do governo do Jaburu, comandada por um ex-banqueiro.

É dura vida de Henrique Meirelles, o homem cujo otimismo é atrapalhado pela dicção de quem parece carregar sempre um ovo na boca.

Meirelles disse ontem, em tom de queixa, que o governo reduziu a taxa básica de juros, e os banqueiros, ao invés de seguirem a baixa, aumentaram os juros.

Segundo o próprio Meirelles, os banqueiros fazem isso para “preservar seus balanços”. Traduzindo, se preciso for: os bancos aumentam os juros para aumentar seus lucros e assim compensar eventuais calotes.

É o cachorro do capitalismo à brasileira mordendo o próprio rabo. O povo não consegue pagar os juros, e os bancos aumentam ainda mais as taxas, para que a mordida do tal spread compense o não pagamento de empréstimos.

Esse é o liberalismo que o governo do Jaburu e seu ex-banqueiro tentam domar. Um capitalismo preocupado apenas com seus balanços, e não com a economia que sustenta a mais vasta e poderosa rede de agiotagem mundial.

E o senhor Meirelles achando que, com um puxão de orelhas, os capitalistas brasileiros que ajudaram o golpe entrarão nos eixos.

Até o pato da Fiesp ri das queixas de Henrique Meirelles.

 

One thought on “Os banqueiros e o ex-banqueiro

  1. Bom.., mais grave, mas grave mesmo!, é o seguinte:

    O PT é trapaceiro; velhaco; astuto; dissimulado; impostor; fingido; patife; porra-louca; charlatão; caluniador; falsários; hipócrita; enganador; mau-caráter; explorador; chicaneiro; truculento; tratante; nocivo; esquerdalha; difamador; picareta; embusteiro; burlão, choramingas e VIGARISTA. Tudo ao mesmo tempo. Ponto final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 4 =