Os chilenos e os bolsonaristas

Torcedores gaúchos que foram a Santiago para ver o Inter contra o Universidad do Chile também poderão ver – ou já estão vendo – o que é um povo nas ruas lutando por seus direitos.
Os chilenos se manifestam há quatro meses. Os tiros com balas de borracha da repressão fizeram com que 360 jovens perdessem um dos olhos, e dois ficaram totalmente cegos. Mas eles não desistem.
Imaginem a cara dos torcedores bolsonaristas diante da fúria dos jovens chilenos, pensando que algo parecido pode acontecer aqui mais cedo do que eles pensam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 7 =