Jornalismo e neutralidade

Gosto do debate sobre as pretensas neutralidades do jornalismo, a partir da sempre presente questão da imparcialidade. E ainda mais em uma hora como essa. É disso que vou tratar, entre outros assuntos, nesta sexta-feira pela manhã, com alunos do curso de Jornalismo da ESPM. Fui honrado com o convite para participar da aula inaugural

O domingo, o inferno e o imponderável

(Este texto foi publicado dia 31 de julho, no blog do Facebook) O domingo empurra para a segunda-feira uma pergunta que desde o final da tarde se repete e desconsola: por que não foi mais gente pra rua? Primeiro, porque ninguém esperava muita gente mesmo. Porque a capacidade de mobilização de rua pode ter chegado

Os mortos e os bem vivos

A prisão de diretores da Queiroz da Galvão traz à tona de novo o nome de um já famoso suspeito de corrupção do PSDB (eles só têm suspeitos…). O senador Sergio Guerra, que presidiu o partido, volta a ser citado como recebedor de R$ 10 milhões da Queiroz Galvão para impedir a formação de uma

Jantares

Gilmar Mendes recebeu o interino em casa para um jantar na segunda-feira. Tudo dentro da mais absoluta normalidade brasileira pós-golpe. Casualmente, logo depois do jantar o interino passou a mobilizar forças para apressar o julgamento de Dilma pelo Senado. Conseguiu apoio do Senado e do Supremo. Hoje, na Folha, o ministro do Supremo Luis Roberto