Paulo Henrique

Paulo Henrique Amorim morre no melhor momento do jornalismo desde o golpe de 2016. Milicianos e fascistas conseguiram tirá-lo da TV e devem estar comemorando.
Continuar resistindo é a melhor forma de homenageá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 2 =