A direita faz a festa

Imagino o que será de Porto Alegre (e de todos nós) se um candidato levar para a prefeitura o ar de deboche que marcou sua participação no debate da TV que terminou agora.
Um pretendente a prefeito tem a obrigação de ser sério, mesmo se não estiver andando.
A direita dissimulada, reforçada pela extrema direita paulista importada para a campanha, está leve, solta e debochada à espera do voto nulo em Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 8 =