Se fosse a Maria do Rosário…

prisao

Trecho de uma das melhores entrevistas que li nos últimos meses sobre violência, criminalidade, punição e hipocrisia.

“Somos uns hipócritas. Só queremos combater a violência quando ela bate à nossa porta. E somos seletivos neste combate. Avaliamos que uma pessoa, por ter antecedentes criminais ou envolvimento com o crime, possa ser morta, possa ser executada. E que isso não enseja um cuidado maior, uma investigação maior, um esforço da nossa parte. Não, nós entendemos que isso é normal”.

A entrevista deve ser lida também pelos que atacam sistematicamente a deputada Maria do Rosário. As posições do entrevistado e da deputada são semelhantes. Mas quem quiser descobrir de quem se trata que entre no site do jornal Extra Classe. É uma paulada no reacionarismo que discrimina, desinforma e aliena.

www.extraclasse.org.br

A entrevista está aqui:

www.extraclasse.org.br/edicoes/2016/06/enfrentamento-seletivo-da-violencia-nao-funciona/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 2 =