SERÁ QUE PARARAM?

É sensacional a argumentação do juiz Marcos Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, ao negar o pedido de prisão preventiva contra o advogado José Yunes e o coronel João Baptista Lima Filho, os amigões mafiosos do jaburu.
Ao pedir as prisões, o Ministério Público argumentou que os dois (que já são réus no processo do Quadrilhão) fazem parte de um esquema que deve ser interrompido, considerando-se inclusive que, com a candidatura do jaburu à presidência, tudo o que eles querem é continuar roubando.
Mas o juiz decidiu que não precisa prender, porque não há nenhum indício de que os dois e os demais integrantes do Quadrilhão estejam mesmo dispostos a continuar os roubos. Os indícios talvez sejam de que eles pararam de roubar. Mas isso o juiz não esclarece.

One thought on “SERÁ QUE PARARAM?

Deixe uma resposta para vincent Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 2 =