SERRA ESTÁ SUMIDO HÁ UMA SEMANA

Completa hoje uma semana a batida da Polícia Federal na casa de José Serra, em Alto de Pinheiros, onde ele mora com a filha Verônica, gestora financeira dos negócios do pai.

Bateram na casa de manhã cedo, como fazem sempre nesse tipo de operação, mas nem Serra nem a filha estavam em casa. Quem os alertou da visita? Esta é a primeira pergunta.

A segunda é esta: onde foram parar José Serra e a filha, que nunca foram procurados pela grande imprensa?

Onde estão o pai e a filha envolvidos em lavagem de dinheiro desde 2006, mas só agora denunciados pelo Ministério Público?

Enquanto a Polícia Federal investigava a reforma na cozinha do sítio de Atibaia, Serra e Verônica continuavam movimentando uma conta na Suíça com o equivalente a mais de R$ 40 milhões.

Mas não há nada, nenhuma linha nas reportagens da grande imprensa que trate do destino de Serra e da filha. Onde estariam, o que fazem, quem os esconde? Nada.

Serra tem a proteção da grande imprensa por serviços prestados como governador, senador e prefeito.

Os jornais dão notinhas nos cantos de página sobre a lavagem de dinheiro que ele recebeu da Odebrecht, mas não se sabe nada de Serra. O senador zumbi do PSDB é um desaparecido.

____________________________________________________________________

A BUNDA DE TALIA
Tudo contra a direita é devagar. José Serra roubou por uma década e meia, ou talvez mais, e foi denunciado pelo Ministério Público Federal só agora.

Os filhos de Bolsonaro armaram uma indústria de produção de fake news por mais de dois anos, muito antes da campanha de 2018, e só agora foram pegos pelo Facebook.

Se alguém postar hoje ‘As três graças’, o famoso quadro de Rafael, em que Talia, uma das três irmãs, está de costas, o Facebook aciona um alerta em menos de meia hora.

Haverá censura e punição para o autor da postagem. O Facebook é capaz de enxergar de imediato e se assombrar com a bunda renascentista de Talia pintada por Rafael.

Mas foi incapaz de ver, por dois anos, que Bolsonaro e os filhos haviam montado uma rede internacional, com robôs e milicianos virtuais, para forjar notícias e difamar.

Assim como agora a grande imprensa é incapaz de saber o que irá acontecer com José Serra, pois não sabe ao menos onde ele se encontra.

Um advogado fala pelo senador e pela filha. Mas ninguém vê nenhum dos dois. São dois criminosos protegidos pela grande imprensa.

A grande imprensa e o Facebook são lentos para enxergar as pornografias da direita e da extrema direita.

____________________________________________________________________

NÃO DUVIDEM
No dia 21, uma terça-feira, vence a quarentena de Bolsonaro. Temos mais 11 dias para acompanhar as reações do sujeito, que terá de inventar uma performance diária para não ficar fora das redes e da mídia.

Ontem ele não inventou nada de especial, além de mais um vídeo.

Como Bolsonaro não tem escrúpulos, pode acontecer até de ele romper o isolamento. Alguém duvida?

____________________________________________________________________

O HOMEM DA BALA

Os servidores do Banco Mundial reagiram e recomendaram ao alto comando da organização que a indicação de Abraham Weintraub para um cargo de direção fosse reavaliada.

Mas o alto comando disse que nada poderia fazer, e o assunto foi esquecido.

Mas ontem o sujeito apareceu nas redes sociais com uma foto em que mostra uma bala de revólver.

No texto, no Twitter, o sujeito escreveu:

“Muitas vezes, a liberdade e a vida de sua família dependerão de pequenos detalhes. Você é o principal responsável pelo seu destino. Nunca abandone a luta pela liberdade”.

Esse será o novo diretor do Banco Mundial, o que só revela que a situação está fora de controle aqui e em qualquer lugar.

Se Ricardo Salles fosse nomeado hoje para um cargo de direção no Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, o PNUMA, não aconteceria nada.
.

2 thoughts on “SERRA ESTÁ SUMIDO HÁ UMA SEMANA

  1. De fato, a grande imprensa sempre passou o pano para as maracutaias da tucanada brasileira. Basta lembrar do vergonhoso esquema de distribuição de propina no congresso para aprovar a emenda da reeleição, durante o governo fhc. Nada disso entrou para os livros de história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 1 =