Um acordo que seria devastador

Não pode ser verdade que altas autoridades do Judiciário teriam fechado um acordo para salvar o mandato do senador Jorge Seif. Não pode ter fundamento a informação de que, ao salvar Seif, também o autoproclamado véio de Havan seria salvo. Não há como aceitar que a notícia do acordo seja tratada, em notinhas no Globo,

Estamos de novo diante do risco das sequelas de acordos, tréguas e anistias pós-golpe

Os últimos movimentos trazem de novo para o palco das acomodações, ao lado de generais, os sujeitos que acamparam diante do QG do Exército em Brasília, num ambiente de pregação do golpe. É o patriota, mané ou aprendiz de fascista que até pode ter incentivado a invasão dos prédios dos três poderes, mas não foi

OS PROCURADORES ALIADOS DO KIT-BOLSONARO

Prefeitos da região da Serra conseguiram enfiar o Ministério Público como aliado do bolsonarismo no imbróglio da cloroquina. Os procuradores da República Alexandre Schneider, Higor Rezende Pessoa e Wesley Miranda Alves assinaram com prefeitos de 25 municípios da região de Bento Gonçalves um termo de ajustamento de conduta (TAC) pelo qual os municípios se comprometem

A VAGA FOI PRO BREJO

Declaração de Bolsonaro no dia 12 de maio em entrevista à Rádio Bandeirantes, quando assegurou ter firmado um compromisso com Sergio Moro de que o indicaria para o Supremo: “A primeira vaga que tiver, eu tenho esse compromisso com o Moro e, se Deus quiser, cumpriremos esse compromisso”. Era a venda casada. Moro assumiria o

A NEGOCIATA BOLSONARO-SERGIO MORO

Vamos esperar que a imprensa internacional trate a notícia da promessa de Bolsonaro a Sergio Moro com o tom que merece. O tom deve ser o mesmo com que se trata todo escândalo. O presidente da República admite que o escolhido para ser seu ministro da Justiça, o homem que mandou Lula para o cárcere,