UM MESTRE DO JORNALISMO AMBIENTAL

Morreu o jornalista Washington Novaes, um dos grandes nomes do jornalismo ambiental no Brasil. Novaes, 86 anos, foi o mestre de gerações que encheram as redações de repórteres ecologistas nos anos 70 e 80. Muitos colegas de jornal os consideravam extremamente chatos. A palavra que eles mais empunhavam era ecologia, e não ambientalismo ou sustentabilidade,

SIRKIS VAI EMBORA COM AS NOSSAS ILUSÕES

Alfredo Sirkis morreu no dia em que um general, ocupante da vice-presidência da República, assumia compromissos com empresários ricos para redução no ritmo de destruição da Amazônia. Na véspera, o general havia prometido a mesma coisa a investidores internacionais. Não são compromissos com o país, com os brasileiros, com os ambientalistas ou com os povos

Essa menina é um perigo

A adolescente sueca que grita para ajudar a salvar a Terra começa a ser atacada pelos reacionários do mundo por ser portadora de uma síndrome. No link, meu novo texto no jornal Extra Classe online: https://www.extraclasse.org.br/opiniao/2019/09/essa-menina-e-um-perigo/?fbclid=IwAR3LGtuZcow9a8bd_Rwb-DLVDJ3HKD0LsBGqsRC0ct43G4aeX6hIFn-0oC0

O LEGADO DE LUTZ

Voltaram a falar do legado de José Lutzenberger, enquanto a Amazônia é devastada. Em 2002, publiquei em Zero Hora um perfil do maior ambientalista brasileiro. Tive três encontros com ele, inspirados por ideia do meu amigo e colega Clovis Heberle. Foi Heberle quem me levou a Lutz e acompanhou a primeira conversa. Me lembro do