A ESTRATÉGIA DE CARLUXO COM O TIOZÃO DO ZAP

Bolsonaro está sob pressão do centrão para que Carluxo não seja o estrategista das mídias virtuais e sociais na campanha. Em 2018, foi tudo com ele. É uma situação exemplar dos tempos que vivemos desde muito antes da eleição de Bolsonaro. Carluxo não é especialista de nada, mas foi mais do que estrategista de mídias,

SERGIO MORO CONSEGUIRÁ FUNCIONAR SEM DALLAGNOL?

Esqueçam o Aristides e pensem no que pode acontecer com Sergio Moro, quando o ex-juiz estiver participando do baile de cobras de 2022, não como alguém que fica nas beiradas da pista, mas como dançarino mesmo. Moro ainda está longe de entrar no baile, mesmo que, por inexperiência, ache que já entrou. Temos por enquanto

O SABOTADOR

A ONG internacional Repórteres sem Fronteiras (RSF) lançou ontem uma campanha que denuncia o governo Bolsonaro como sabotador do combate à pandemia por ações deliberadas, por mentiras e pela aposta no obscurantismo. A campanha “A verdade nua” foi produzida em parceria com a agência francesa BETC Paris e está disponível em 4 idiomas: francês, inglês,

OS PRÉDIOS TOMADOS

Moradores de Porto Alegre vão aceitar, sem reação, a instalação nas paredes dos edifícios onde moram dos painéis em que um encapuzado aponta uma arma? Vão aceitar a propaganda populista financiada por admiradores do ex-juiz Sergio Moro? Os painéis dizem: “Quando a lei não é rigorosa, o criminoso fica livre e o cidadão de bem,

ELES SABEM QUE NÃO PODEM

O macrismo comete na Argentina com o espanhol o que o bolsonarismo faz aqui com o português. O slogan da campanha de Maurício Macri é “Sí, se puede”, copiada descaradamente do Yes, we can, de Obama. Hoje há versões de podemos para todos os gostos, principalmente na direita, inclusive no Brasil. Mas aconteceu um erro

A REDE INTERNACIONAL DA MENTIRA

A Folha tenta acompanhar o ritmo do jornalismo do Intercept e volta ao assunto da campanha suja de Bolsonaro. O jornal enviou a repórter Patrícia Campos Mello à Espanha, para investigar a participação de uma empresa daquele país no esquema que criou a rede internacional de disseminação de mentiras bolsonaristas na última eleição. Esta é

A DEMOCRACIA E O PODER ECONÔMICO

Previsões assustadoras para a eleição deste ano passam sempre por uma questão ainda mais presente: o poder econômico jogará pesado para desequilibrar a disputa em favor da direita. É dureza competir com campanhas milionárias no pós-golpe. Sou pré-candidato a deputado estadual pelo PT do Rio Grande do Sul sabendo desse desafio. Não há como se