O SUPREMO QUE O BRASIL MERECE

Um habeas corpus em favor de um ex-presidente está sendo julgado. Os ministros alegam que um ex-presidente é como um cidadão qualquer. É retórico. Claro que o julgamento de um habeas para Lula tem suas particularidades (ou somente o julgamento de concessões a Aécio seria diferente?). Fora a carga política e simbólica que Lula carrega.

Insanidades

Os ‘analistas’ políticos da grande imprensa só enxergam o óbvio. Na sessão do Senado que consumou o golpe, em agosto de 2016, os analistas olhavam a paisagem e nenhum deles, nenhum mesmo, previu a mais espetacular manobra articulada por Renan Calheiros e Ricardo Lewandowski, a tática do fatiamento que evitou a cassação dos direitos políticos

A REPRISE DO SORRISO DE CÁRMEN LÚCIA

O Jornal Nacional reprisa, dia sim e dia não, trechos de uma entrevista que a ministra Cármen Lúcia deu em janeiro ao repórter Marcos Losekan. É sobre a possibilidade de análise pelo Supremo da prisão de réu a partir de condenação em segunda instância. É uma campanha descarada da Globo contra a possibilidade de avaliação

Os monges do Supremo

Notícias de jornais informam que os ministros do Supremo estão escandalizados com a briga entre Gilmar Mendes e Luis Roberto Barroso. Mendes acusa Barroso de soltar corruptos e Barroso chama Mendes de mentiroso e de mudar a jurisprudência de acordo com o réu. E seus pares se surpreendem. Deve mesmo ser um escândalo. O Supremo