A eleição americana espera William Waack, oito anos depois

O Estadão não vai mandar William Waack para cobrir a eleição americana? Se decidir enviar sua estrela, antes deve fazer uma recomendação para que o jornalista não volte a se posicionar nas proximidades da Casa Branca, onde às vezes os motoristas passam buzinando. Na cobertura da eleição de 2016 para a Globo, Waack estava defronte

FAÇAM SUAS APOSTAS SOBRE O DESTINO DE TRUMP

Uma frase é consagrada como vulgaridade a cada eleição: o país saiu dividido. É dita com pompa, muitas vezes em tom grave, como se anunciasse um período de tensão e conflitos intermináveis. Geralmente não significa quase nada. Mas é repetida sempre. Até as emas do Alvorada sabem que, se uma eleição é decidida entre dois