CELSO DE MELLO, MORO E A PANDEMIA

O ex-juiz Sergio Moro pode estar entre os que foram salvos pela pandemia? O Supremo deveria julgar daqui a pouco, possivelmente em abril, o processo de suspeição do chefe da Lava-Jato, que está na Segunda Turma. O voto decisivo, que pode decretar o fim oficial da fama do ex-juiz e afastar suas chances de chegar

A DESPEDIDA DE CELSO DE MELLO

A primeira voz a condenar a tentativa de golpe de Bolsonaro foi a do ministro que dará o voto decisivo sobre a suspeição de Sergio Moro na Lava-Jato. Será um voto histórico contra os justiceiros. Este é o tema do meu texto quinzenal no Extra Classe. https://www.extraclasse.org.br/opiniao/colunistas/moises-mendes/2020/02/a-despedida-de-celso-de-mello/?fbclid=IwAR0YKz1_Gq6QDek9sNBFDNquw1rN6wwpeJIFbtZzKSm7R_oRfshH9u3Mglg

A última humilhação

O Supremo corre o risco de ser usado para mais uma jogada imoral do lavajatismo, se Bolsonaro indicar o ex-juiz à vaga de Celso de Mello apenas para se livrar de um competidor da extrema direita em 2022. Este é meu artigo quinzenal no Extra Classe. https://www.extraclasse.org.br/opiniao/colunistas/2020/01/sergio-moro-as-vesperas-da-ultima-humilhacao/?fbclid=IwAR27qQKTM9sU0ZFYdYvAo_59eCfQ_WNJ_H8LiZce8iYDWBCGzKL5urmQdvI

CELSO DE MELLO VEM AÍ

O ministro Celso de Mello está dando vários recados nos últimos dias, como se avisasse aos desentendidos que tomará uma decisão importante quando da votação pela segunda turma do STF da suspeição de Sergio Moro, no habeas solicitado pela defesa de Lula. Leiam o que ele disse hoje, no discurso da cerimônia de despedida de

CELSO DE MELLO DIANTE DOS JUSTICEIROS

Dias Toffoli escreve hoje na Folha sobre os 30 anos de Celso de Mello como ministro do Supremo. É um texto meio parnasiano, meio século 19, mas que não pode ser desprezado por seus significados. É o presidente do Supremo escrevendo às vésperas da aposentadoria de Celso de Mello, que será substituído por um ministro

A VEZ DE CELSO DE MELLO

A decisão do Supremo de não se submeter às ordens da Lava-Jato, que pretendia humilhar Lula mais uma vez, transfere agora as expectativas para o próximo embate. O STF determinou que Lula fica onde está. Por 10 a 1. O que decidirá mais adiante a Segunda Turma sobre o pedido de suspeição de Sergio Moro,

O VOTO HISTÓRICO DE CELSO DE MELLO

Pouco antes da despedida, o decano do Supremo não votará contra Sergio Moro ou a favor de Lula, ao acolher a tese da suspeição, mas pela preservação do que ainda pode ser salvo dos danos provocados pelos justiceiros. É o meu assunto no texto quinzenal para o Extra Classe. Link abaixo: https://www.extraclasse.org.br/opiniao/colunistas/2019/08/o-voto-historico-de-celso-de-mello/?fbclid=IwAR3kN3acFXGaXEFH1tSkR6REraZ0eO_ywf6dOSVgEkYwo7ws65Lj6g-U1EA

A CAMINHO DO PENHASCO

Divagações sobre o rumo de certas pessoas e certas coisas, enquanto aguardamos o próximo capítulo das mensagens escabrosas da Lava-Jato. 1. Moro perdeu o apoio da elite da direita. Está sendo sustentado pelo lastro político do que existe de pior da base de Bolsonaro. Não há um jurista de nome que se levante para apoiá-lo