DELTAN DALLAGNOL SÓ TRABALHAVA SOB O CHICOTE DE SERGIO MORO

Sergio Moro defendeu a entrega à Globo do grampo da conversa de Dilma com Lula, em 2016, com o argumento de que a população deve ter acesso a informações relevantes que o Judiciário não pode guardar em segredo. Defendeu a mesma posição em relação à divulgação do vídeo da famosa reunião ministerial de abril do