Bolsonaro no fim da linha

O que ficou claro hoje é que Mandetta está governando. A armadilha de Bolsonaro surtiu efeito contrário. Nunca se viu Mandetta tão descontraído. E Bolsonaro tentando arrumar uma briga com o secretário da OMS. Até ontem ele brigava com Doria Júnior. Bolsonaro se encolheu. Como tinha que aparecer com uma polêmica, inventou essa do cara

COMPROMISSO PÓS-PANDEMIA

O bicho se aproxima dos nossos amigos. O jornalista Juremir Machado da Silva está sob observação no Hospital da PUC, em Porto Alegre, com suspeita de que foi infectado pelo coronavírus. Assumi agora um compromisso público com o também jornalista, professor e historiador Álvaro Nunes Laranjeira, amigo-irmão de Juremir. Quando tudo isso chegar ao fim,

DEDÉ, A PANDEMIA E O FIM DE BOLSONARO

Um pouco de distração na data de aniversário do golpe. Dia desses, vendo um canal de esportes, fiquei sabendo pelos comentaristas que a melhor contratação do Vasco este ano seria o zagueiro Dedé. Seria. Tudo parece improvável. O comentário na TV, eu querendo saber de um futebol que não existe, Dedé sendo visto por mim.

O DATAFOLHA NÃO PODE TER MEDO DE BOLSONARO

O Datafolha está tentando escamotear a realidade. Os leitores da Folha não podem ser ofendidos por falsas pesquisas sobre a performance de Doria Júnior como antibolsonarista. Ninguém está interessado nessa bobagem que foi publicada hoje. É preciso pesquisar a percepção do brasileiro sobre os desatinos de Bolsonaro. E tem que ser logo, antes que o

MANDETTA CONTROLADO

A impressão passada pelo mesão chefiado pelo general Braga Netto é esta: enquadraram Mandetta. Disseram a Mandetta: não ameaça sair, porque será ruim pra ti e pra todos, e tampouco vamos mandá-lo embora. O resumo: fica, mas sem querer brilhar muito e sem encarar teu chefe, e te assume como Mandetta. A partir de hoje

O NOVO TRUQUE DE BOLSONARO

É muito óbvia a estratégia de Bolsonaro de tirar Mandetta da vitrine de divulgação diária e exclusiva das ações e do balanço da pandemia. Além de punir o ministro que não pede para sair, Bolsonaro tira o foco das questões da saúde. Outros ministros vão aparecer nasn coletivas. Sai de cena a ênfase na questão

O CONFINAMENTO DO MINISTRO MAIS MEDÍOCRE DE BOLSONARO

Finalmente, Bolsonaro tem razão. É justa sua queixa de que Sergio Moro desapareceu para não ter de defender o governo. Moro deveria ressurgir para dizer logo qual é a sua posição sobre o tal decreto que Bolsonaro pretende baixar, desautorizando as normas de Estados e municípios sobre isolamento e fechamento do comércio. Moro é o

O MANDETTA GAÚCHO

O governador gaúcho perdeu uma chance histórica. Poderia estar hoje no lugar da resistência ocupado por Doria e Witzel. Seria a cara nova de um jovem destemido em meio à velha direita oportunista que enfrenta Bolsonaro para salvar a pele e se posicionar. Se não fosse tão vacilante nas ações e no discurso, Eduardo Leite

O DATAFOLHA VOLTOU!!!

O Datafolha foi ressuscitado com ‘pesquisas’ ridículas, que tentam camuflar o principal personagem da crise, como se ele não existisse. Uma pesquisa (na verdade uma compilação de dados do Twitter) mostra que Doria Júnior passou a ser vaiado pela direita e apoiado com ironias pelas esquerdas. É o tipo da pesquisa acaciana, que diz o

ADIÓS, MANDETTA

Uma mulher fez hoje o que o pior inimigo de Bolsonaro gostaria de fazer diante do homem. A mulher cutucou a fragilidade de Bolsonaro e atuou também como repórter, forçando a resposta que todos os jornalistas gostariam de ter. Na saída do Alvorada, Bolsonaro parou no cercado para ouvir sua claque, e a mulher fez