Em defesa do sistema contra as cheias

Compartilho o documento elaborado por técnicos da área sobre a estrutura criada para proteger Porto Alegre das cheias. Essa é a íntegra do manifesto, com seus primeiros signatários: “Manifestação aos portoalegrenses sobre o sistema de proteção contra inundações de Porto Alegre O Sistema de Proteção contra Inundações de Porto Alegre é robusto, eficiente, e fácil

A pergunta que Bonner não fez ao prefeito de Porto Alegre

Sebastião Melo disse o seguinte, em entrevista ao Jornal Nacional nesse sábado, ao responder a uma pergunta de William Bonner sobre a possibilidade de melhoria na legislação ambiental por iniciativa da prefeitura: “O que não falta ao Brasil são legislações, o que falta mesmo é dinheiro”. Como não sabe da história ambiental escabrosa a seguir,

Prefeitura desafia TCE e insiste em transferir R$ 1,7 milhão à loja do véio da Havan

Em junho de 2022, reportagem da repórter Adriana Irion, de Zero Hora, mostrou que a prefeitura de Porto Alegre se preparava para pagar R$ 1,7 milhão a uma loja da rede Havan, com recursos do Departamento Municipal de Águas e Esgotos (Dmae). A justificativa: a realização de “obra de utilidade pública e de grande importância

Falta esclarecer o caso da dinheirama para a loja do véio da Havan

A polícia civil prendeu a ex-secretária de Educação de Porto Alegre Sônia da Rosa, na terça-feira, por suspeita de corrupção em licitações forjadas investigadas desde o ano passado. São negócios que envolvem compras de mais de R$ 100 milhões pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), com evidências, segundo a Polícia Civil, de fraudes licitatórias, associação

O ESTRANHO SILÊNCIO EM TORNO DE R$ 1,7 MILHÃO

Leio que há uma campanha pelo fim do minuto de silêncio nos estádios, antes dos jogos do Brasileirão. É um minuto, apenas um, pela memória das vítimas do genocídio da pandemia. Por que o silêncio incomoda? Devem fazer campanha pelo fim dos milhares de minutos de silêncio da imprensa gaúcha em torno do famoso pagamento

O ESTRANHO CASO DA DINHEIRAMA DA PREFEITURA PARA A HAVAN PLANTAR MUDAS

Transcrevo abaixo, em nome do interesse público e da transparência, reportagem de Adriana Irion em Zero Hora sobre uma situação muito estranha envolvendo mais uma vez o nome da Havan. Vamos dizer que a situação seja estranha e que não passe disso. Mas o caso vai exigir investigação rigorosa do Ministério Público. E a reportagem